Eugênio Sales Queiroz

 

                     Entre vitórias e derrotas no nosso dia a dia profissional vamos experimentando diversos tipos de emoções que vai desde a emoção da conquista, bem como a emoção das decepções e frustrações.

            Mas qual será o verdadeiro papel das emoções na nossa vida? Elas podem nos ajudar de alguma forma?

            Sim, claro que sim. Lhe respondo com toda convicção.

            Se não fossem as emoções, sejam elas positivas ou negativas ou até mesmo neutras, nossa vida não teria sentido.

            Daí cabe a cada uma de nós realizarmos o nosso trabalho com as melhores emoções que cultivamos dentro de nós mesmos.

            Precisamos da:

- Emoção do entusiasmo para mantermo-nos alertas diante dos desafios diários.

- Emoção do amor para fazer tudo com excelência.

- Emoção vontade para ir até o fim.

 

            E claro que precisamos ter cuidado com as emoções negativas que atrapalham o nosso sucesso.

            Quais são essas emoções, sugadores de sonhos?

- Emoção da inveja.

- Emoção da preguiça (zona de conforto).

- Emoção da procrastinação (deixar tudo para depois).

 

            Entre tantas emoções que prejudicam a nossa jornada, as negativas realmente têm um poder destruidor, por isso todo cuidado é pouco.

            Portanto, faz-se necessário manter a nossa mente aberta para que nenhuma emoção possa nos impedir de avançar, minguando as nossas forças.

            Precisamos de coragem, ousadia, foco e determinação para sabermos exatamente o que queremos alcançar e ir até o fim cultivando sempre as nossas emoções positivas, pois são elas que nos levam ao sucesso.

            Abraço e sucesso sempre.